Projetos

O que sabemos sobre Educação Ambiental no Brasil: Análise da Produção Acadêmica e Científica

O projeto envolve a análise da produção acadêmica e científica” com o desenvolvimento das duas seguintes ações investigativas concatenadas: 1. Recuperação dos documentos que constituem a produção acadêmica e científica sobre EA no Brasil e a constituição de acervo dos trabalhos recuperados e 2. Realização de estudos do tipo “estado da arte”. Divulgação dos resultados obtidos mediante: Publicação de catálogos analíticos; Realização de Eventos; Publicação em Revistas; Utilização do SIBEA.

Coordenação: Prof. Dr. Hilário Fracalanza e Prof. Dr. Ivan Amorosino do Amaral

Download: Relatório do projeto

O que sabemos sobre a Pesquisa em Educação em Ciências no Brasil (1972-2007)

O projeto envolve a análise da produção acadêmica e científica com o desenvolvimento das duas seguintes ações investigativas concatenadas: 1. Recuperação dos documentos que constituem a produção acadêmica e científica sobre Ensino de Ciências no Brasil e a constituição de acervo dos trabalhos recuperados e 2. Realização de estudos do tipo “estado da arte”. Divulgação dos resultados obtidos mediante: Publicação de catálogos analíticos; Realização de Eventos; Publicação em Eventos e Revistas.

Coordenação: Prof. Dr. Jorge Megid Neto e Prof. Dr. Hilário Fracalanza

Download: Relatório do projeto

Programa Teia do Saber – Oficinas de Produção em Ensino de Ciências

As oficinas de produção se caracterizam pela interação sistemática e planejada, de curta duração, entre docentes e pesquisadores de IES e professores da Rede Pública de Ensino, abordando tema específico da área de atuação do professor no magistério do Ensino Fundamental na área do currículo das Ciências. Os objetivos das oficinas são: resgatar as práticas e as concepções de ensino de Ciências dos professores participantes; permitir o intercâmbio de práticas e concepções, relacionando-os com as condições de sua produção; realizar levantamento sistemático das práticas e concepções de ensino de Ciências dos professores participantes, a respeito do tema escolhido; permitir a interação entre os saberes dos professores e os conhecimentos sistematizados pela produção acadêmica; e estimular os professores participantes a produzir, aplicar e avaliar propostas alternativas no ensino de Ciências, capacitando-os a tornarem-se professor-pesquisador de suas próprias práticas pedagógicas.

Coordenação: Coletivo de Pesquisadores

Oficinas de Produção em Educação Ambiental (Educação Ambiental, Escola e Sociedade)

Projeto desenvolvido em 2005, que se caracteriza pela interação sistemática e planejada, de curta e média duração, entre docentes e pesquisadores de Instituições de Ensino Superior e professores da Rede Pública de Ensino, abordando temas específicos da área de atuação do professor no magistério do Ensino Fundamental e Médio na temática da Educação Ambiental e das Ciências da Natureza.

Curso de Extensão: Educação Ambiental, Escola e Sociedade

Coordenadores: Prof. Dr. Ivan Amorosino do Amaral, e Prof. Dr. Jorge Megid Neto

Docentes: Carolina Messora Bagnolo, Carolina Mandarine Dias, Cristiane Maria Megid, Edilson Duarte dos Santos, Francielle Amâncio Pereira, Gláucia Soares Barbosa, Ivan Amorosino do Amaral, Jéssica Prudêncio Trujillo Souza, Jorge Megid Neto, Juliana Rink, Karina Calça Mandaji, Luciana Bortoletto Rela, Maria Cristina Doglio Behrsin, Marilac Luzia de Souza Leite Sousa Nogueira, Rebeca Chiacchio Azevedo Fernandes, Roberta Bueno Hiranaka, e Silvana Roberto.

Participantes: Professores em exercício na educação infantil e no ensino fundamental

Local: Unicamp-Faculdade de Educação

Período: Módulo I – Agosto à Dezembro de 2014; Módulo II – Março à Junho de 2015.Características do Curso: “Trata-se de um curso que discute a Educação Ambiental no âmbito da educação escolar básica. Busca articular as práticas profissionais e conhecimentos dos professores com os conhecimentos oriundos das pesquisas acadêmicas, visando a reflexão e a transformação das práticas educacionais no contexto da Educação Ambiental, Por intermédio de atividades teórico práticas…”